.slideshow-geral .wrapper { position: absolute !important; top: 35% !important; width: 100% !important; padding: 0 5vw !important; overflow: hidden; box-sizing: border-box; -moz-box-sizing: border-box; margin-top: 0px !important; opacity: 0; }
Saúde e Bem-Estar

Saúde e Bem-Estar

A Alimentação na nossa Imunidade

17/12/2020

Partilhe esta notícia, escolha a sua rede social!

Como a alimentação influencia o nosso sistema imunitário

 

Todos nós vivemos rodeados de inúmeros fatores que influenciam negativamente a nossa imunidade. Entre os muitos fatores que interferem com a bioquímica do corpo humano, modificando a capacidade da resposta imunitária, podemos encontrar: a exposição a índices de poluição cada vez maiores, os agrotóxicos e os metais pesados presentes em certos alimentos e na água, os produtos químicos, a privação do sono, o stress, o sedentarismo, os desequilíbrios do organismo, a fraca ingestão de água. 

 

"Encontramo-nos numa fase em que é necessário estarmos mais conscientes sobre a nossa saúde"

 

Quando o nosso organismo está em desequilíbrio e intoxicado existe uma maior propensão para a entrada de fungos, bactérias, vírus, parasitas e micróbios, os quais desenvolvem um terreno inflamatório que irá comprometer a homeostasia, isto é, o equilíbrio do organismo e o seu bem-estar, conduzindo a um estado de doença.
 
Encontramo-nos numa fase em que é necessário estarmos mais conscientes sobre a nossa saúde, que é o nosso maior bem, devendo para esse efeito agir de modo preventivo com boas práticas, não só alimentares, mas também alicerçadas ao estilo de vida.
 
 

"(...) as frutas, as verduras, as leguminosas, alguns rizomas, os frutos secos e as sementes"

 

O reforço do sistema imunitário, sistema este cuja função é defender-nos contra os agentes patogénicos e nocivos, advém de um conjunto de fatores como:

• A ingestão adequada de água, 
• A prática de exercício físico, 
• O sono de qualidade,
• A eliminação de stress 
• A diminuição da ingestão de alimentos inflamatórios (contêm gorduras hidrogenadas, açúcares refinados, sal refinado, glúten e laticínios). 
 
 
Optar por alimentos nutracêuticos, ou seja, alimentos capazes de restaurar a saúde, permite-nos beneficiar da sua força curativa e atuar de forma preventiva, defendendo-nos dos agentes patogénicos. Entre vários exemplos podemos encontrar, as frutas, as verduras, as leguminosas, alguns rizomas, os frutos secos e as sementes, pois são ricos em nutrientes essenciais e fibra fundamental ao correto funcionamento do intestino.
 
 
Leonor Vilela

Leonor Vilela - Consultora RE/MAX MAXGROUP TELHEIRAS

Junte-se a nós!

Maxloja - Soc. Med. Imob LDA - AMI:4515
Timoneiro de Sucesso Lda – AMI: 15890

Webdesign Megasites

Subscrever a
Newsletter

Newsletter

img { /*transition: filter 0.5s;*/ } img.lazy { /*filter: blur(80px); transition: filter 0.5s;*/ overflow: hidden; opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; } img.lazy.fade-in { opacity: 0; } img.fade-in { opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; } iframe { width: 100% !important;border: 0px solid; } @media (max-width: 767px) { body { /*overflow: hidden;*/ } } /*@media (min-width: 769px) { #g-recaptcha, .g-recaptcha { height: 55px; overflow: visible; transform: scale(0.70); -webkit-transform: scale(0.70); transform-origin: 0 0; -webkit-transform-origin: 0 0; } } @media (min-width: 769px) { #g-recaptcha2, #g-recaptcha3, .g-recaptcha { height: 55px; overflow: visible; transform: scale(0.70); -webkit-transform: scale(0.70); transform-origin: 0 0; -webkit-transform-origin: 0 0; } }*/ .g-recaptcha.error > div {border: solid 1px red !important;} .g-recaptcha { width: 100%; overflow: hidden; }