.slideshow-geral .wrapper { position: absolute !important; top: 35% !important; width: 100% !important; padding: 0 5vw !important; overflow: hidden; box-sizing: border-box; -moz-box-sizing: border-box; margin-top: 0px !important; opacity: 0; }
Novas tendências na procura de casa

Novas tendências na procura de casa

Como a crise pandémica veio alterar o paradigma da escolha de uma casa

18/12/2020

Partilhe esta notícia, escolha a sua rede social!

Desde há 20 anos, quando o MaxGroup entrou no mercado imobiliário, que temos assistido a crises económicas. Desta vez, estamos perante o pior dos motivos para uma crise, a saúde pública e o risco de vida das pessoas.

Neste contexto, é natural que as pessoas tentem proteger-se e também às suas famílias. Assim assistimos, nos últimos meses a uma mudança de paradigma no que respeita ao tipo de imóvel que os compradores procuram.

 

"A principal motivação de quem está comprador de uma casa, prende-se com a mudança ao nível profissional"

 

Porque é que os compradores preferem moradias nas periferias?

Porque é que os compradores querem apartamentos com terraços e varandas, dentro ou fora das Cidades, junto a parques e zonas verdes?

A principal motivação de quem está comprador de uma casa, prende-se com a mudança ao nível profissional. O teletrabalho veio revolucionar a forma como as pessoas e as entidades patronais veem o local de trabalho, podendo trazer benefícios para ambas as partes, quando as funções assim o permitem.

Com a necessidade de trabalhar em casa é natural que a procura esteja voltada para casas mais espaçosas e com a pouca necessidade de ir ao local de trabalho diariamente, a procura volta-se também para as periferias das Cidades, onde se consegue encontrar uma vivenda, com excelentes condições ao mesmo preço de um apartamento da Cidade.

 

"(…) podemos dizer, que o contexto de pandemia veio criar novas necessidades habitacionais, principalmente para as famílias."

 

Também por força da pandemia, as famílias tiveram que ficar em casa, em confinamento, em telescola, ou em teletrabalho e por outro lado, começaram a fazer mais refeições em casa. Estes também são motivos válidos para a procura de apartamentos e moradias com espaços abertos, terraços, varandas e logradouros.

Então, podemos dizer, que o contexto de pandemia veio criar novas necessidades habitacionais, principalmente para as famílias, e que abriu oportunidades a outros mercados, que até estavam um pouco “adormecidos”.

É certo que esta nova realidade, o consumidor tomou consciência de alguns fatores importantes a ter em consideração na compra de uma casa e, parece também certo, que esta é uma tendência que veio para ficar.

 

Isabel Santos

Isabel Santos - Broker MAXGROUP

Imóveis em Destaque

120871072-429
Para venda Moradia T4
Picota
696 000€
José Serôdio
Para venda
For Sale

Moradia T4

Picota

696 000€
José Serôdio
+351 962 042 040
José Serôdio
125461040-8
Para venda Moradia T4
646 000€
Catarina Anjos
Para venda
For Sale

Moradia T4

646 000€
Catarina Anjos
936 333 016
Catarina Anjos

Maxloja - Soc. Med. Imob LDA - AMI:4515
Timoneiro de Sucesso Lda – AMI: 15890

Webdesign Megasites

Subscrever a
Newsletter

Newsletter

img { /*transition: filter 0.5s;*/ } img.lazy { /*filter: blur(80px); transition: filter 0.5s;*/ overflow: hidden; opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; } img.lazy.fade-in { opacity: 0; } img.fade-in { opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; }