.slideshow-geral .wrapper { position: absolute !important; top: 35% !important; width: 100% !important; padding: 0 5vw !important; overflow: hidden; box-sizing: border-box; -moz-box-sizing: border-box; margin-top: 0px !important; opacity: 0; }
Saúde e Bem-Estar

Saúde e Bem-Estar

Um Natal Sustentável

23/12/2021

Partilhe esta notícia, escolha a sua rede social!

Quando falamos em Natal Sustentável, o nosso pensamento remete-nos para um Natal mais eco-friendly e saudável. Falamos de evitar o desperdício, de comer sem culpa, da sustentabilidade ambiental e do controle da ansiedade.

Nesta época do ano, por tradição, as famílias reúnem-se para a tradicional ceia de Natal, no dia 24 de dezembro, ou para o almoço de dia 25. Refeição preparada, mesa pronta, uma música ambiente e troca de algumas lembranças entre os familiares.

 

A Naturopatia ensina-nos a ter atitudes sustentáveis, mais amigas do ambiente e mais ecológicas.

 

Comecemos então por este ponto. No Natal, há habitualmente troca de presentes e lembranças entre os familiares. Muitos desses presentes vêm embrulhados em papel ou em sacos enfeitados com laços de plástico. Já parou para pensar as toneladas de papel que são gastas para este efeito nesta altura do ano pelo mundo fora? Também o plástico é mais abundante nesta altura do ano porque são componente de grande parte dos presentes oferecidos.

 

Como dica sustentável e ecológica, gostaria de propor a utilização de papel de revistas ou de jornais antigos para os seus embrulhos, ou sacos já utilizados de cartão para reutilizar. O laço não é obrigatório, mas há muitas opções para substituir a fita de plástico da qual o laço é feito.

 

"Coloque na reciclagem as embalagens dos seus presentes e assim se tornará um pouco mais amigo do ambiente (...)"

 

Evite oferecer lembranças feitas de plástico ou com outros materiais pouco sustentáveis. Coloque na reciclagem as embalagens dos seus presentes e assim se tornará um pouco mais amigo do ambiente, nesta altura do ano em que tanto desperdício é visível.

 

"Já pensou como o Natal nos pode tornar mais responsáveis?"

 

Quando pensar em comprar algum presente para oferecer a um dos seus familiares, aproveite o comércio local, o amigo que faz artesanato, a tia que tem produção caseira, o primo que tem negócio próprio… tantas opções para nos ajudarmos uns aos outros! Já pensou como o Natal nos pode tornar mais responsáveis?

 

"(...) uma mesa com o essencial para uma noite feliz, prevenindo o desperdício alimentar e evitando os excessos."

 

Falemos agora da tão afamada mesa de Natal! Para uns uma mesa que daria para a semana inteira, para outros, já com uma visão mais calculista, uma mesa com o essencial para uma noite feliz, prevenindo o desperdício alimentar e evitando os excessos.

 

Tradicionalmente, dependendo do país, encontramos na mesa de Natal os mais variados alimentos: frutas secas, oleaginosas, o delicioso perú no forno, o tradicional bacalhau cozido com grão, couve, ovo, cenoura e batatas, o arroz de polvo, o cabrito assado, um bom vinho tinto e ainda algumas sobremesas.

 

Observe com atenção a origem de cada alimento, preferindo produtos de origem biológica, para minimizar a presença de agrotóxicos e hormonas sintéticas.

 

Cozinhe de forma sustentável e saudável utilizando água de qualidade, optando por fontes de gordura mais saudáveis como o azeite, substituindo o açúcar e alimentos com glúten por outras fontes amigas do organismo.

 

A maior parte das sobremesas presentes na mesa de Natal contêm açúcar refinado e gordura trans em excesso, bem como farinhas com glúten, principalmente o trigo (um alimento tóxico para o organismo). Deste modo, porque não inovar e preparar alternativas mais saudáveis? Deixo algumas sugestões: um delicioso ananás fatiado no forno com canela e um fio de mel; brigadeiros feitos com tâmaras, frutos secos e cacau; mousse de abacate, lima e cacau; o delicioso bolo de maçã e nozes utilizando ingredientes mais saudáveis como a farinha de arroz, o azeite ou o óleo de côco, o xarope de tâmara ou o mel.

 

"(...) procure delegar funções por todos aqueles que vão participar no seu Natal e não acumule todas as tarefas para si."

 

Por último, não vamos esquecer a questão da ansiedade. Nas crianças é normal, e até saudável, pelo evento em si o qual envolve emoções novas para elas. Afinal, é um evento que acontece uma única vez por ano. Mas muitas vezes, para o adulto, a gestão emocional e familiar, bem como o peso das responsabilidades é sem dúvida uma fonte de stress (articular o encontro de família, tempo no supermercado, preparar a refeição para que fique do agrado de todos, entre tantas outras preocupações). Assim, procure delegar funções por todos aqueles que vão participar no seu Natal e não acumule todas as tarefas para si. Isso vai ajudar a diminuir os níveis de ansiedade e a encontrar alguma paz interior. Procure encontrar em si o amor que existente na família nesta altura do ano que é o Natal.

 

Boas Festas!

 

Leonor Vilela

Leonor Vilela - Consultora RE/MAX MAXGROUP Telheiras

Naturopata


Outros artigos que lhe podem interessar:

Saúde e Bem-Estar

Saúde e Bem-Estar

Desintoxicação Consciente
15/01/2021
Decoração de Natal

Decoração de Natal

Conselhos para o seu sapatinho
24/11/2021

Maxloja - Soc. Med. Imob LDA - AMI:4515
Timoneiro de Sucesso Lda – AMI: 15890

Webdesign Megasites

Subscrever a
Newsletter

Newsletter

--> img { /*transition: filter 0.5s;*/ } img.lazy { /*filter: blur(80px); transition: filter 0.5s;*/ overflow: hidden; opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; } img.lazy.fade-in { opacity: 0; } img.fade-in { opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; }