.slideshow-geral .wrapper { position: absolute !important; top: 35% !important; width: 100% !important; padding: 0 5vw !important; overflow: hidden; box-sizing: border-box; -moz-box-sizing: border-box; margin-top: 0px !important; opacity: 0; }
Dicas para decorar uma casa de férias

10 dicas para decorar a sua casa de férias

Faça da sua segunda residência o seu refúgio de verão e fins de semana

12/07/2022

Partilhe esta notícia, escolha a sua rede social!

Passamos todo o ano à espera do momento de rumar para o nosso destino de férias ou para uma escapadinha de fim de semana, mas passamos muito pouco tempo a preparar e a decorar a nossa segunda residência.

Neste artigo vai encontrar dez dicas para decorar a sua casa de férias e transformá-la no seu refúgio: 

1. Menos é mais. Uma frase cliché, mas que deveríamos utilizar em quase tudo na vida, principalmente nas casas de férias. Normalmente, nas férias queremos aproveitar o tempo e, para isso, é essencial ter uma casa simples e funcional, com os elementos indispensáveis e deixar de lado os supérfluos.

2. Branco. A cor mais fácil de conjugar com todos os estilos, que melhor combina com férias e ideal para ter como base, como se fosse uma tela em branco de uma obra de arte.
Tire da cabeça a ideia preconcebida de que esta cor tão cintilante cria espaços frios, porque, pelo contrário, pintando paredes e tetos de branco, conseguirá que todos os espaços sejam muito mais luminosos e pareçam maiores. 

3. Casas de banho e cozinhas são muitas vezes esquecidas nas segundas residências, mas dê-lhes uma nova vida para que todos os espaços pareçam renovados. Se não poder fazer obras, há soluções bastante económicas que podem transformar totalmente estes espaços.
Pinte os azulejos, os móveis da cozinha e até as loiças sanitárias, com tintas específicas para cada um destes elementos e terá um resultado fantástico. Também pode utilizar azulejos vinílicos, tanto para os azulejos das paredes como para o pavimento, pois são aptos para zonas húmidas e o resultado final é surpreendente.
Dê o toque final na cozinha mudando os puxadores dos móveis. Nas casas de banho, mude os toalheiros e cabides para uns mais atuais e simples, assim como a cortina da banheira.

4. Recicle mobiliário, mas não faça da sua casa de férias um “depósito” de peças que já não quer. É importante darmos uma nova vida ao mobiliário, restaurando-o, pintando-o ou simplesmente mudando-lhe puxadores, mas não se esqueça da primeira dica deste artigo.
Coloque apenas os móveis que realmente vai necessitar. Se não precisa de mais armários para guardar roupa, não ponha mais armários na casa. Quantos mais elementos, mais trabalho vai ter e menos tempo para desfrutar.

5. O estilo decorativo é algo muito pessoal, mas tenha em conta o tipo de casa de férias que tem e onde está localizada. Conecte a natureza exterior com a sua decoração, já que, em férias, as janelas estão quase sempre abertas de par em par e é tranquilizante que tudo esteja em harmonia.
Utilize estilos simples e pouco carregados, que transmitam tranquilidade e combine-os com elementos da natureza.

6. Como temos uma base branca, é muito fácil combinar cores e materiais, mas tenha em conta que tudo passa de moda e, se não quer investir muito na sua segunda residência, tenha isso em consideração.
Escolha cores suaves, como os beges e os azuis e verdes claros, e materiais naturais, como a palha, a madeira, o algodão ou linho. São cores e materiais que nunca passam de moda e que combinam na perfeição com as férias de verão que tanto apreciamos em Portugal.

7. Aproveite ao máximo os espaços exteriores. Nas férias, queremos tomar o pequeno-almoço na varanda, apanhar sol no terraço e fazer uma jantarada no jardim. Por isso, decore estes espaços tanto ou mais que o interior, são eles que vão guardar os melhores momentos das suas férias.
Aqui, as diretrizes de decoração são semelhantes ao interior, simplicidade, cores suaves e materiais naturais, para que tudo se conecte e esteja em harmonia.

8. Muitas vezes esquecemo-nos da iluminação, mas é o elemento que faz a diferença quando o sol se põe e queremos gozar da brisa mais fresca da noite. Ilumine cada espaço e não deixe uma lâmpada pendurada com os cabos à vista. A iluminação também faz parte da decoração, além de ter uma tarefa funcional muito importante.
Utilize uma tonalidade mais quente para as zonas de descanso, quartos e sala, e uma tonalidade mais fria para zonas como a cozinha e a casa de banho e não se esqueça de iluminar as zonas exteriores.

9. O verde das plantas é uma ótima decoração para que uma casa transmita conforto, harmonia e tranquilidade. Em segundas residência é difícil ter plantas naturais, mas hoje em dia vai encontrar no mercado alternativa artificiais muito bem concebidas e que terão um efeito muito agradável nos espaços, além de os decorar.

10. Se pretende arrendar a sua casa a outras pessoas, tenha em conta que é essencial que a decoração não seja muito personalizada ao seu gosto, tem que ter uma decoração simples com cores neutras. Desta forma conseguirá captar a atenção de mais pessoas e poderá escolher melhor o perfil a quem vai arrendar o seu refúgio de férias.
A isto chamo-lhe Home Staging, e é uma estratégia de marketing imobiliário muito potente, que transforma imóveis em lares e faz com que tenha muitos mais interessados.

Agora que já sabe como decorar a sua casa de férias para a poder desfrutar muito mais, não perca tempo e ponha as mãos na massa que o verão já está aí.

 

..
CAROLINA BARACHO

Decoradora Home Stager & Fotógrafa de Interiores

https://carolinabaracho.com/ 

CONTACTE-NOS!


Outros artigos que lhe podem interessar:

Como criar lugares agradáveis em casas pequenas

Como criar lugares agradáveis em casas pequenas

Dicas para tornar divisões maiores do que realmente são
17/09/2021

Maxloja - Soc. Med. Imob LDA - AMI:4515
Timoneiro de Sucesso Lda – AMI: 15890

Webdesign Megasites

Subscrever a
Newsletter

Newsletter

--> img { /*transition: filter 0.5s;*/ } img.lazy { /*filter: blur(80px); transition: filter 0.5s;*/ overflow: hidden; opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; } img.lazy.fade-in { opacity: 0; } img.fade-in { opacity: 1; -webkit-transition: opacity 1s; /* Safari */ transition: opacity 1s; }